Segunda-feira, 5 de Maio de 2008

XIII - PRÓTESE FIXA SOBRE IMPLANTES - CASOS CLÍNICOS

PRÓTESE OU PROSTODONTIA
  
Destina-se a substituir no total ou em parte as peças dentárias e algumas outras estruturas do aparelho estomatognático perdidas.
 
 
Prótese:
    1. Removível:
      1. Parcial:
        1. Acrílica (Osteo-mucossuportada).
        2. Metálica (Geralmente dentossuportada - esquelética ou mista).
      2. Total:
        1. Acrílica (Osteo-mucossuportada).
        2. Metálica (Osteo-mucossuportada).
    2. Fixa
      1. Parcial:
        1. Unitária (Dentossuportada ou Implantossuportada – Metalo-acrílica, Metalo-Cerâmica ou Cerâmica Pura).
        2. Múltipla – Pontes (Dentossuportada ou Implantossuportada – Metalo-acrílica, Metalo-Cerâmica ou Cerâmica Pura).
      2. Total:
        1. Dento ou Implanto Fixa (Nesta última aparafusada ou cimentada – Metalo-cerâmica ou cerâmica pura).
        2. Implantossuportadas – Sobre-dentaduras. Normalmente acrílicas em barras fresadas.  

 

ORIENTADA PELO SISTEMA CAD

 SISTEMA "NOBEL GUIDE"

 

Este método de tratamento consiste sobretudo na colocação guiada através de "guias cirúrgicas" construídas previamente em modelos criados à escala real através do tratamento computorizado do TAC do doente. Deste modo é possível criar não só as guias cirúrgicas bem como criar próteses provisórias imediatas, ou seja, que se colocam no mesmo acto cirúrgico.

 

 

 

 

 

Modelo tridimensional criado segundo o método anteriormente descrito onde se pode visualizar o modelo, a guia cirúrgica e a orientação dos implantes:

 

 

 

Um caso implantar seguindo os passos do método "NobelGuide":

Perfuração guiada dos poços implantares:

 

 

 

Prótese imediata adaptada aos implantes colocados: 

 

 

 

PRÓTESES IMPLANTO SUSTIDAS 

Parciais e Totais

 

SOBREDENTADURAS - Parciais ou Totais em

Barras e Cavaletes

 

Prótese Parcial de Tipo Sobredentadura Implantossustida em Barra por Cavaletes:

 

N.B.: Há uma diferença entre próteses fixas sobre implantes ou sustidas sobre implantes. Nas primeiras a prótese fica efectivamnete fixa à cabeça dos implantes e só o Médico as pode remover. Nas segundas, que são as sustidas elas estão suportadas por estruturas adaptadas nos implantes mas podem ser removidas pelo doente para higienizar. A vantagem destas últimas para as removiveis tradicionais é que estas conseguem uma estabilidade e conservação das estruturas ósseas muito melhor.

 

 

 

 

 

 

 

 

Prótese Total de Tipo Sobredentadura Implantossustida em Barra por Cavaletes:

 

 

 

 

 

 

 

 

Prótese Total de Tipo Sobredentadura Implantossustida em Barra por Cavaletes:

 

 

 

 

 

 

 

 

SOBREDENTADURAS - TOTAIS EM MÚLTIPLAS BOLAS

 

N.B.: Como penso que já sabem, as sobredentaduras são próteses que para além dos dentes normalmente também substituem estruturas de suporte, gengiva e osso. Tratam-se também de próteses sustidas pois podem de igual forma, como as suportadas por barras, ser removidas só que neste caso as estruturas a que estão adapatdas para ficar estabilizadas, em vez de serem barras são estruturas esféricas individuais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

            

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PRÓTESES TOTAIS ACRÍLICAS ESTABILIZADAS

 POR MINI-IMPLANTES

 

Totais Acrílicas que funcionam praticamente como "Sobredentaduras" (*)

 

 

 

 

 

 

 

  

 

(*) Extraído do Guia de Procedimentos da "IMTEC Sendax MDI"

 

Um caso nosso:

 

 Orto inicial

 

 Vários estudos possíveis para a reabilitação com implantes, do mesmo caso:

 

 

 

 

 

 

 

TAC

 

    

 

  

 

 

 

Próteses removiveis usadas pelo doente:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aspectos das arcadas sem próteses:

 

 

 

 

 

 

 

Determinação da dimensão vertical com ceras de articulação:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

 

Modelos articulados com as ceras de mordida e mais referências, para transmissão ao laboratório do relacionamento dos maxilares:

 

 

 

Modelos com a montagem dos dentes definitivos nas respectivas ceras para prova em boca:

 

 

 

  

 

  

 

Prova em boca dos dentes:

 

 

 

 

 

  

  

Próteses finais com as marcações onde se vão colocar os implantes: 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cirurgia implantar

Aspecto da arcada inferior: 

 

 

 

 

Marcação com lápis demográfico dos pontos onde se vão colocar os implantes: 

 

 

  

Colocação dos implantes: 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

  

Implantes já colocados: 

 

 

Aspecto da prótese, onde foi feito o alivio do acrilico para serem colocados os "accommodates O-Ring", que não são mais que estruturas metálicas tipo fêmeas que encaixam nas respectivas bolas dos implantes e cujos "O-rings" não são mais que aneis de silivcone que podem ter várias durezas e que adaptam na perfeição as ditas fêmeas às cabeças esféricas dos implantes:

 

  

 

 

Prótese onde se podem ver as ditas fêmeas que contêm os "O-Rings" de adaptação à cabeça esférica dos implantes, depois de devidamente integradas nas prótese com acrílico auto-polimerizável a frio em boca:

 

 

03/05/2007 - Observação cerca de 1 mês após a colocação:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por clinicadrsilvioribeiro às 11:29

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. INVOLUÇÃO DA SAÚDE ORAL N...

. A PRIMEIRA VISITA AO MÉDI...

. O QUE SE ENTENDE POR MEDI...

. PROGRAMA PREVENIR EM SAÚD...

. SAIBA COMO CUIDAR DA SUA ...

. GUIA DE HIGIENE ORAL (*) ...

. BRANQUEAMENTOS DENTÁRIOS

. DISCIPLINAS DENTÁRIAS - I...

. I - MEDICINA ORAL - INTRO...

. MEDICINA ORAL - 01 - INFE...

.arquivos

. Novembro 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Contador


Myspace Layouts
blogs SAPO

.subscrever feeds